Seguidores

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

O viajante




Viver é como caminhar sobre troncos que bóiam num rio e que não suportam sozinhos o nosso peso.
Antes que afundem é preciso pular para o próximo, mover-se, seguir em frente em direção a outra margem.
Na caminhada nada nos ampara, na outra margem nada nos espera.
A vida não é a partida, nem a chegada, a vida é a caminhada.

2 comentários:

BARROS disse...

PARA ESSA CAMINHADA PRECISAMOS DE CORAGEM,POIS NÃO PODEREMOS SER AUTÊNTICOS SE NÃO FORMOS CORAJOSOS. NÃO PODEREMOS SER ORIGINAIS SE NÃO LANÇARMOS MÃO DO DESTEMOR.NÃO PODEREMOS AMAR SE NÃO CORRERMOS RISCOS. SANDRA NEVES

fredflage disse...

giuliano gostei desse topico vlw !!!